Combinação Perfeita – HTML + CSS + PHP + MySQL

Solicitar Orçamento

Vamos entender um pouco mais sobre as linguagens de programação utilizadas em nossos trabalhos! HTML, CSS, JavaScript, jQuery, PHP e MySQL! O que é isto? Como isto funciona? Abaixo vamos explicar como cada um desses itens funcionam e como eles se comunicam.

Primeiramente vamos saber o que significa cada uma das linguagens:

HTML: (Abreviação para a expressão inglesa HyperText Markup Language, que significa Linguagem de Marcação de Hipertexto) é uma linguagem de marcação utilizada para produzir páginas na Web. Documentos HTML podem ser interpretados por navegadores. A tecnologia é fruto do “casamento” dos padrões HyTime e SGML.

CSS: O Cascading Style Sheets (CSS) é uma “folha de estilo” composta por “camadas” e utilizada para definir a apresentação (aparência) em páginas da internet que adotam para o seu desenvolvimento linguagens de marcação (como XML, HTML e XHTML). O CSS define como serão exibidos os elementos contidos no código de uma página da internet e sua maior vantagem é efetuar a separação entre o formato e o conteúdo de um documento.

JavaScript: JavaScript é uma linguagem de script baseada em ECMAScript padronizada pela Ecma international nas especificações ECMA-262[2] e ISO/IEC 16262 e é atualmente a principal linguagem para programação client-side em navegadores web. Foi concebida para ser uma linguagem script com orientação a objetos baseada em protótipos, tipagem fraca e dinâmica e funções de primeira classe. Possui suporte à programação funcional e apresenta recursos como fechamentos e funções de alta ordem comumente indisponíveis em linguagens populares como Java e C++.

jQuery: É um framework para ajudar os desenvolvedores a se concentrarem na lógica dos sistemas da web e não nos problemas de incompatibilidade dos navegadores atuais.

PHP: (Um acrônimo recursivo para PHP: Hypertext Preprocessor) é uma linguagem de script open source de uso geral, muito utilizada e especialmente guarnecida para o desenvolvimento de aplicações Web embútivel dentro do HTML. Ótimo, mas o que isso significa? Ao invés de muitos comandos para mostrar HTML (como visto em C ou Perl), páginas PHP contém HTML juntamente com códigos que fazem “alguma coisa” (neste caso, mostra “Olá, Eu sou um script PHP!”) O código PHP é delimitado por tags iniciais e finais <?php e ?> que lhe permitem pular pra dentro e pra fora do “modo PHP”. O que distingui o PHP de algo como Javascript no lado do cliente é que o código é executado no servidor, gerando HTML que é então enviado para o cliente. O cliente receberia os resultados da execução desse script, mas não saberia como é o código fonte. Você pode inclusive configurar seu servidor para processar todos os seus arquivos HTML como PHP, e então não haverá nenhum modo dos usuários descobrirem que se você usa essa linguagem ou não.

MySQL: É um sistema de gerenciamento de banco de dados (SGBD), que utiliza a linguagem SQL (Linguagem de Consulta Estruturada, do inglês Structured Query Language) como interface. É atualmente um dos bancos de dados mais populares, com mais de 10 milhões de instalações pelo mundo.

 

Agora que já sabemos o que cada uma das linguagens significa, vamos tentar entender de uma forma bem resumida como eles funcionam e trabalham juntos:

O HTML exibe o texto, as imagens e os itens em seu navegador juntamente com o CSS que faz com que o texto seja exibido em fontes menores ou maiores, se uma imagem vai ser exibida do lado do texto ou abaixo do texto, na parte de cima do site ou abaixo e assim por diante. O JavaScript se encarrega de fazer o “feedback” com o usuário, ou seja, quando você mexe o mouse, movimenta a barra de rolagem, passa o mouse em cima de algum item do site, etc… ele se encarrega de fazer uma atualização na visualização do conteúdo, como abrir um pop-up, exibir mensagens de alertas, mover itens. Já o PHP (e é aqui onde tudo começa no lado do servidor) é encarregado por criar dinamicamente algumas partes do HTML que será exibido na tela, ou seja, se você entrou em um site e pediu para exibir todos os produtos da categoria XXX, o PHP vai até o banco de dados (MySQL) procura por todos os itens da categoria XXX e monta dinamicamente um trecho de código HTML para exibir no seu navegador somente esses produtos. Todas as linguagens trabalham juntas e para que um site seja exibido de forma amigável ao usuário é necessário ter pleno conhecimento de todas elas.

5 responses on “Combinação Perfeita – HTML + CSS + PHP + MySQL

  1. Rodrigo disse:

    Boa explicação, mas não entendi direito a parte final. Vou ler mais algumas vezes. Obrigado.

  2. marcelo disse:

    bakana muito legal eu que nao sabia nada sobre o asunto agora tudo ficou mais claro.valeu

  3. Rian disse:

    adorei tudo que vcs ensinaram obg Rian Almeida

  4. Rian disse:

    adorei os eestudos que tive muito obg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicite um orçamento on-line. Teremos prazer em atende-lo.

Solicitar Orçamento